Covão da Ametade

O rio Zêzere começa a ganhar forma no Covão da Ametade, um pequeno e profundo vale de origem glaciária, cujos limites são definidos por três enormes afloramentos graníticos, os Cântaros Gordo, Magro e Raso que atingem, respetivamente, 1875, 1928 e 1916 metros de altitude. Local de extrema beleza, é ideal para repousar ou desfrutar de uma refeição ao ar livre.

Observar

O nascimento do Zêzere

Brincar

Com a neve

Passear

e petiscar entre as árvores

Como ir: